Seguidores

quinta-feira, 7 de abril de 2011

ALEITAMENTO MATERNO

23:48

Dr. Paulo Cesar de Carvalho
(Médico Pediatra-Igreja Batista Memorial da Tijuca,RJ)

Alimentação ao seio constitui uma das questões mais importantes da saúde humana,principalmente nos primeiros anos de vida, atende às necessidades nutricionais e metabólicas,além de conferir proteção imunológica ao lactante. O leite materno é considerado um alimento perfeito,pois além de possuir protínas, lipídeos, carboidratos, minerais e vitamins, contém 88% de água.
Durante o primeiro ano de vida, cerca de 40% das calorias ingeridas são utilizadas o crescimento da criança, caindo para 20% no segundo ano.Podemos observar então, que uma alimentação inadequada nesse período de alta velocidade de crescimento levará à desnutrição e atraso no desenvolvimento.Recomendamos no primeiro mês de vida o seio materno sem horário fixo.O ser humano mais se desenvolve nos dois primeiros meses de vida, por isso, a necessidade de tantas calorias. O recém nascido é comparado a um forno à lenha que se apaga na falta da mesma.
O Ministéio da Saúde e a Organização Mundial de Saúde recomendam: Aleitamento materno exclusivo nos primeiros seis meses de vida. Portanto não é necessário oferecer água, chás, sucos ou qualquer outro alimento nesse período.
À partir dos seis meses de vida, devemos introduzir outroa alimentos complementares(papa de frutas, sucos, sopas e outros), cada um ao seu tempo.
O leite maternos deve ser mantido pelo menos até os dois anos de vida. Nesse período não é recomendado nehum outro tipo de leite(de vaca, soja, cabra, etc.)
Em algumas situações a mãe encontra dificuldades para amamentar seu filhinho, como no caso do engurgitamento mamário e fissuras no bico do seio, nestes casos a mãe  deve ser persistente e continuar a ofercer o seio. No caso de fissura, deve  passar o próprio leite materno no bico e na aréola, espô-lo ao sol por alguns minutos todos os dias, e então em 4 a 6 dias  a dor diminui e a fissura estará curada, persistindo, consultar um médico.
A tranmissão pelo vírus da IDS através do leite materno foi comprovado por diversos estudos e representa uma contra indicação à amamentação e por isso, nehuma mãe deve deixar que outra mãe amamente seu filho (mãe de leite).
El alguns países muito pobres, o aleitamento maternos é vital para o lactante, tornando aceitável o risco da transmissão do HIV, mesmo na presença de alta taxa de infecção. Nestes países, os riscos da não amamentação, seriam piores que os da transmissão da doença. Substâncias radiotivas e alguns poucos medicamentos constituem contra-indicação à amamentação. O bebê em aleitamento materno costuma ecacuar toda vez que mama, podendo apresentar fezes líquidas e explosivas ou mesmo esverdeadas ( RRefluxo Gastro Cólico). Em outros momentos, alguns, no entanto, podem ficar 5 dias sem evacuar, ambas as situações são normais.Se o seu filho nesta idade está ganhando peso e crescendo, provavelmente ele está muito bem. Sempre que estiver em dúvida, querida mamãe, procurar um médico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE O SEU COMENTÁRIO, FICAREI MUITO FELIZ.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...